Casas Lares

O acolhimento em casas lares

Atende hoje 40 crianças em sistema  casas lares . Está localizada na QNJ 10, Área Especial 06, Taguatinga Norte-DF, fones: 61-3475-5210, com 15.000 m2, sendo 3.000m2 de área construída, com  4 Casas Lares

Ter uma família é condição natural da vida porque constitui uma necessidade do ser em desenvolvimento. A vivência familiar, o amor o aconchego e a proteção da família são condições indispensáveis à formação da pessoa. Não terá um crescimento sadio nem uma formação normal a criança que não contar com o apoio de uma família organizada, ou seja,  um lar.

Foi pensando na criança que Ciro Heleno Silvano fundou a Casa do Caminho, cujos princípios são a criança, a mãe, a família (irmãos) e a vizinhança. Estes princípios caracterizam o fundamento pedagógico do sistema e a fonte de uma filosofia. A criança é o ser dependente em torno do qual deve girar toda uma estrutura de apoio, a mãe é a figura envolvente, que deve conduzir o novo ser na busca do seu desenvolvimento integral, a família (o lar) caracteriza o amor, a compreensão, a educação, a segurança finalmente a Casa do Caminho representa o apoio institucional. O dirigente da Casa do Caminho representa fisicamente essa figura institucional junto às crianças.

Nesta breve introdução focalizamos o problema que origina a criação de instituições como a Casa do Caminho, fundamentos e a necessidade do atendimento da criança sem família, em sistemas de casas-lares.
CRITÉRIO PARA ADMISSÃO

– As crianças serão admitidas na faixa etária de zero a seis anos;
– As crianças deverão ter documentação, tais como: Certidão de Nascimento, Cartão de Vacina e estudo de caso;
– As crianças deverão ter encaminhamento pela Vara da Infância e da Juventude.

1 – ACOMPANHAMENTO SÓCIO FAMILIAR
– É feito pela equipe técnica composta por duas psicólogas e duas assistentes sociais, que entrevista, acompanha os familiares e abrigados, visando quando possível sua reintegração ou adoção
– As crianças reintegradas em suas famílias, quando necessário a entidade continua assistindo com tratamento psicológico,  fornecimento de cestas básicas mensalmente e doação de outros materiais, como uniforme escolar, vestuário, e material escolar.

2 – ESPORTE E LAZER
As atividades são desenvolvidas, visando a fraternidade entre os acolhidos e mesmo entre os visitantes. São realizados passeios no  Zoológico, Cinema, Lanchonete, Circo, Teatro, Museus e Parques que trazem resultados extremamente positivos, pois levam as crianças a interagirem com a comunidade na qual serão inseridos e á qual deverão ser reintegradas no futuro.

3 – SAÚDE

a) Atendimento médico é feito pela rede publica e médicos voluntários

b) Atendimento psicológico – a instituição tem dois profissionais contratado que atende no ambiente da instituição.

c) Atendimento odontológico – 5 dentistas voluntários

4 – EDUCAÇÃO INFORMAL

A educação moral como sempre a pedra basilar de uma educação integral é  tarefa contínua na instituição e realizada por todas as pessoas que trabalham remuneradas ou voluntárias junto às crianças semeando nelas o princípio da fraternidade, da convivência harmoniosa que são realidades mesmo quando a situação nos apresenta adversa.

Curso de Informática com laboratório próprio com 10 computadores em rede além de uma unidade em cada casa lar com acesso a internet pelos acolhidos.

Apresentação de peças teatrais instruindo sobre sexualidade, cidadania e incentivo a leitura.

5-EDUCAÇÃO ESCOLAR

Os acolhidos frequentam as escolas públicas na vizinhança

Existe um pedagogo contratado para auxiliar nas tarefas escolares bem como aulas de reforço.